Opinião

Pneumonia – a vacinação dos adultos também deve ser uma prioridade
Prof. Doutor José Alves, presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão
24 Nov. 2017

Temos consciência de que a pneumonia mata e a sua prevenção está, inclusivamente, recomendada pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Se assim é, porque morrem, todos os dias, 16 adultos com pneumonia?

Dia Mundial do Não Fumador: Prevenção. Prevenção. Prevenção. É a palavra de ordem dos psicólogos
Dr.ª Sofia Ramalho, vice-presidente da Ordem dos Psicólogos Portugueses
15 Nov. 2017

A adolescência é reconhecida como sendo um período em que se experimentam e se iniciam comportamentos não saudáveis que afetam não só a saúde imediata dos adolescentes, mas também a sua saúde ao longo de toda a vida. Fumar é um desses comportamentos, bem como o consumo de outras substâncias psicoativas como o álcool, a droga e medicamentos. Com início frequentemente na adolescência, fumar representa um desafio para a Saúde Pública, pelo seu enorme impacto nos indivíduos, famílias e comunidades, e efeitos cumulativos que contribuem para problemas físicos, sociais e da saúde psicológica. Fumar, tal como o abuso de outras substâncias, está também associado a maior morbilidade e mortalidade.

A importância da reabilitação respiratória nos doentes crónicos
Dr. António Carvalheira Santos, Chefe de Serviço de Pneumologia, Hospital Pulido Valente
27 Out. 2017

A reabilitação respiratória é uma componente fundamental no tratamento do doente respiratório crónico. Tem sido alvo de particular atenção pelos investigadores nos últimos 10 anos e é atualmente apontada como uma intervenção de 1.ª linha no tratamento da doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), bem como em outras doenças respiratórias crónicas, propiciando diminuição dos sintomas, melhoria na funcionalidade, capacidade de exercício e qualidade de vida e na autonomia da gestão da doença.

Rede Nacional de Espirometria
Dr.ª Alexandra Catarino, assistente hospitalar graduada Pneumologia, Serviço de Pneumologia A, CHUC
06 Out. 2017

A espirometria é hoje o principal método para detetar doenças respiratórias crónicas das vias aéreas, nomeadamente a doença pulmo­nar obstrutiva crónica (DPOC). O panorama mundial no que concerne a esta doença tem vindo, ao longo dos últimos anos, a melhorar. Em Portugal não tem sido diferente e para tal facto tem contribuído, nomeadamente, o au­mento da notoriedade e do reconhecimento da DPOC pela população em geral.

ERS 2017: o maior evento na área respiratória a nível mundial
Dr.ª Teresa Shiang, pneumologista do CHVNG/E
20 Set. 2017

O Congresso Anual da European Respiratory Society (ERS) decorreu de 9 a 13 de setembro de 2017, em Milão, envolvendo mais de 20 mil médicos, cientistas e outros profissionais de saúde provenientes dos quatro continentes. Constitui, atualmente, o maior evento na área respiratória a nível mundial. Para este sucesso, muito contribuiu a vertente eminentemente clínica e translacional do conteúdo científico.

50% dos doentes asmáticos não estão controlados
Prof. Doutor Mário Morais de Almeida, presidente da Associação Portuguesa de Asmáticos
01 Set. 2017

A asma é uma doença crónica muito prevalente, constituindo um problema de Saúde Pública do lactente ao adulto idoso. Em Portugal, cerca de um milhão de habitantes sofrem com esta doença.

As minhas dúvidas na tuberculose
Prof.ª Doutora Raquel Duarte, Programa Nacional para a Tuberculose
24 Ago. 2017

A tuberculose continua a ser um problema de saúde mundial. A tuberculose multirresistente, a sua associação à infeção VIH e a outros estados de imunossupressão têm posto em risco a estratégia de eliminação da doença.

Boa notícia: deixar de fumar é possível e muito mais fácil com tratamento especializado!
Prof.ª Doutora Sofia Ravara, médica pneumologista e membro da SPAVC
16 Jun. 2017

Todos os anos comemoramos o Dia Mundial Sem Tabaco para lembrar que nunca é tarde para deixar de fumar e que há sempre benefícios para a sua Saúde e bem-estar. A Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC) gostaria de o convidar a deixar de fumar, alertando para a importância do tabaco como fator de risco para o acidente vascular cerebral (AVC), mesmo fumando poucos cigarros, sobretudo se for mulher e tomar a pílula anticoncecional, ou tiver outros fatores de risco para doença vascular como hipertensão ou diabetes.

A DPOC e os hábitos tabágicos
Dr. João Cardoso, diretor do Serviço de Pneumologia do Hospital de Santa Marta
02 Jun. 2017

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabaco é a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Os números não enganam: atualmente, existem mil milhões de fumadores em todo o mundo e uma em cada 10 mortes de adultos está relacionada com hábitos tabágicos. Tal corresponde a seis milhões de mortes por ano ou a uma morte por cada seis segundos, causada pelo fumo do tabaco. E, destes seis milhões de pessoas, 600 mil são fumadores passivos.

RespirARmelhor.pt: plataforma disponibiliza informação para melhorar a Saúde respiratória
Dr. António Carvalheira Santos, chefe de Serviço de Pneumologia do Hospital Pulido Valente
04 maio 2017

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças respiratórias crónicas têm sido uma das principais causas de morte na última década e serão, claramente, a principal causa de incapacidade até ao ano 2020. Estima-se que, em 2020, as doenças respiratórias sejam responsáveis por cerca de 12 milhões de mortes anuais.

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

RespTalks

RespTalks

Opinião

Asma e gravidez: "mau controlo da asma acarreta maior risco para o feto do que o tratamento por si só"
Dr.ª Rita Gerardo e Dr.ª Lígia Fernandes, Comissão de Alergologia Respiratória da Sociedade Portuguesa de Pneumologia

PUB

Apoio

AstrazenecaBialBoehringer IngelheimMedinfar

 

MSDMundipharmaTakeda