Newsletter

 

 

Atualidade

UE aprova osimertinib para o tratamento do adjuvante do cancro do pulmão com mutação de EGFR em estádio precoce
11 Jun. 2021
A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou osimertinib no tratamento adjuvante de doentes com cancro do pulmão de células não-pequenas (CPCNP) em estádio precoce (IB, II e IIIA), com mutação do recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR) após resseção completa do tumor com intençã ...
Dia Mundial Sem Tabaco: Tabagismo causa mais de 85% dos cancros do pulmão
04 Jun. 2021
Na semana em que se assinala o Dia Mundial Sem Tabaco, a 31 de maio, o Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão (GECP) lança o alerta através das suas redes sociais, especialmente dirigido às camadas mais jovens, sob o mote “A única forma segura de fumar... é não fumar”, colocando a tónica na for ...
A importância da vacinação para evitar o “pandemónio” da gripe em destaque no 14.º Congresso Nacional do Idoso
28 maio 2021
“Depois da pandemia, como evitar o pandemónio da gripe? Vacinar será ainda mais importante” é o ponto de partida da conferência patrocinada pela Sanofi Pasteur, a decorrer a 31 de maio, com a participação do Prof. Doutor Filipe Froes e do Dr. Carlos Rabaçal. A sessão insere-se no 14.º Congre ...

Entrevistas

Campanha alerta para riscos associados ao uso excessivo da medicação de alívio na asma
Prof. Doutor Filipe Froes

"Quebra o Ciclo - Deixa a asma sem fôlego" é o título da campanha, desenvolvida pela AstraZeneca, que procura alertar e sensibilizar os profissionais de saúde para os riscos associados ao uso excessivo da medicação de alívio por parte dos doentes com asma. O relatório do Programa Nacional para as Doenças Respiratórias 2017 dá conta de que, em Portugal, existem cerca de 700 mil pessoas que vivem com asma. Segundo os dados de um estudo realizado em 2015 (“Asthma control in the Portuguese National Asthma Survey - ScienceDirect”), 43% dos 700 mil portugueses não têm a asma controlada. E, perante as crises, recorrem frequentemente a medicação de alívio. Perante este cenário, o Prof. Doutor Filipe Froes, pneumologista, aponta as consequências e os riscos associados ao uso excessivo da medicação de alívio.

Reportagem

Aliança para o Cancro do Pulmão. Fazer frente à doença oncológica que mais mata em Portugal

“A cada 18 segundos, uma pessoa no mundo morre com cancro do pulmão”. Esta foi uma das mensagens de alerta partilhadas durante o lançamento da Aliança para o Cancro do Pulmão, iniciativa inspirada no projeto The Lung Ambition Alliance. A assinatura do protocolo decorreu no Dia Mundial da Luta Contra o Cancro, assinalado no dia 4 de fevereiro, onde se reuniram várias entidades, entre as quais a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), a Pulmonale, o Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a AstraZeneca. As associações unem assim esforços para combater o cancro do pulmão, tumor que não é o mais prevalente em Portugal, mas é o que mais mata. O My Pneumologia marcou presença na assinatura do protocolo e conversou com os representantes das associações envolvidas nesta Aliança. Leia a reportagem na íntegra.

Agenda

Agenda News Farma

RespTalks

 

Opinião

Asma e gravidez: "mau controlo da asma acarreta maior risco para o feto do que o tratamento por si só"
Dr.ª Rita Gerardo e Dr.ª Lígia Fernandes, Comissão de Alergologia Respiratória da Sociedade Portuguesa de Pneumologia

PUB

Apoio

AstrazenecaBialBoehringer IngelheimMedinfar

 

MSDMundipharmaRoche