Opinião

Hipertensão pulmonar: o desafio de diagnosticar e tratar precocemente

10 maio 2019

Hipertensão pulmonar designa um aumento da pressão sanguínea na artéria pulmonar. A simplicidade desta definição contrasta com a sua complexidade etiológica, que torna exigente a tarefa clínica de encontrar a patologia causadora deste distúrbio de pressão. São várias dezenas as entidades clínicas que podem provocar hipertensão pulmonar, desde a insuficiência cardíaca esquerda ou a doença pulmonar obstrutiva crónica, muito prevalentes na população geral, até patologias mais raras, como a sarcoidose ou o angiossarcoma. Comum a todas elas é o facto de a presença de hipertensão pulmonar constituir um sinal de pior prognóstico.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

PUB

Apoio


AstrazenecaBMSBoehringer IngelheimMSDRocheTakeda