Atualidade

Fibrose pulmonar idiopática apresenta sobrevivência média de três a cinco anos

08 Mar. 2019

A fibrose pulmonar idiopática (FPI) é uma doença rara com uma sobrevivência média de três a cinco anos, caracterizando-se por sintomas muitas vezes desvalorizados e atribuídos a outras causas, mesmo quando persistentes. A propósito do Dia Mundial das Doenças Raras, assinalado no último dia 28 de fevereiro, o Prof. Doutor António Morais, médico pneumologista, lembra que os sintomas desta patologia podem ser confundidos com os de outras doenças, mas que mesmo sendo rara o diagnóstico precoce pode fazer a diferença.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Definição de tratamentos na ambicionada Medicina de Precisão. Serão os testes genéticos a resposta?
Dr.ª Joana Espiga de Macedo, médica oncologista no Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga

PUB

Apoio


AstrazenecaBMSBoehringer IngelheimMSDRocheTakeda