Atualidade

17 Mar. 2017

Num país onde as doenças respiratórias são a terceira principal causa de morte e onde uma em cada quatro mortes é causada por doenças respiratórias, surge agora o Sistema de Telemonitorização SmartReab, desenvolvido em parceria pelo Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) e pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), com o apoio da Fundação Vodafone Portugal.

17 Mar. 2017

A Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas (Respira) subscreve o manifesto das entidades ligadas à área da Saúde respiratória apresentado no parlamento e defende que é urgente regular os novos produtos de tabaco, minimizar os riscos de consumo e reforçar as consultas de cessação tabágica a nível nacional.

10 Mar. 2017

No início deste ano, a Comissão Europeia (CE) aprovou pembrolizumab em primeira linha para o tratamento de carcinoma do pulmão de células não-pequenas (CPCNP) metastático cujos tumores expressam PD-L1 com TPS ≥ 50% (sem mutações tumorais positivas EGFR ou ALK) somando à indicação de segunda linha, para o tratamento do CPCNP localmente avançado ou metastático com um TPS ≥ 1% e que receberam pelo menos um esquema de tratamento prévio com quimioterapia (doentes com mutações tumorais positivas EGFR ou ALK devem também ter recebido terapêutica alvo).

10 Mar. 2017

O Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS) da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) acaba de desenvolver uma aplicação móvel especialmente pensada para crianças com asma entre os quatro e os 10 anos de idade: a app ARCADE.

03 Mar. 2017

A GlaxoSmithKline (GSK) e Innoviva divulgam resultados positivos em estudo de função pulmonar de não-inferioridade, que demonstra que doentes asmáticos controlados conseguiram mudar para proprionato fluticasona/vilanterol, 100/25, associação de corticoide inalado(ICS)/b2-agonista de longa duração de ação (LABA), uma vez ao dia, sem comprometer a função pulmonar, quando em tratamento prévio com propionato fluticasoa/salmeterol, 250/50, ICS/LABA, duas vezes ao dia.

24 Fev. 2017

A Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas (Respira) alerta para a pouca adesão dos portadores de doenças respiratórias à vacinação, defendendo que “há que reverter esta situação”.

24 Fev. 2017

Um estudo intitulado “How much is too much alcohol in tuberculosis?”, em que participaram investigadores do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), concluiu que o consumo excessivo de álcool é um fator de risco para o desenvolvimento de tuberculose em indivíduos do sexo masculino e realça a necessidade de adoção de políticas que reduzam os problemas relacionados com o álcool.

10 Fev. 2017

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP), a Fundação Portuguesa do Pulmão (FPP), a Pulmonale e a Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo foram ouvidas, no dia 1 de fevereiro, pelo Grupo de Trabalho de Tabaco da Comissão de Saúde, na audição sobre a proposta de Lei do Governo que introduz alterações à atual Lei do Tabaco. As entidades e personalidades presentes reportaram aos deputados as potenciais implicações do uso dos cigarros eletrónicos e do tabaco aquecido, se não forem adotadas medidas de regulamentação semelhantes àquelas já aplicadas aos tradicionais cigarros.

03 Fev. 2017

A AstraZeneca anunciou que a terapêutica de manutenção e alívio com budesonida/formoterol (SMART) já se encontra disponível em Portugal para doentes adolescentes com asma (entre os 12 e os 17 anos). O regime terapêutico SMART consiste numa dose básica de manutenção diária (duas inalações por dia, administradas através de uma inalação de manhã e outra à noite ou através de duas inalações de manhã ou à noite) mais uma inalação adicional de alívio em resposta aos sintomas, se necessária. O dispositivo combina budesonida e formoterol para prevenção e alívio como parte do regime SMART, eliminando a necessidade de uma medicação de alívio separada no tratamento dos doentes com asma.

02 Fev. 2017

A Comissão Europeia acaba de aprovar o pembrolizumab, a terapêutica anti-PD-1 da MSD, como tratamento de primeira linha de carcinoma do pulmão de não-pequenas células (CPNPC) metastático em adultos cujos tumores tenham uma expressão de PD-L1 elevada (proporção de pontuação do tumor [TPS] de 50% ou mais) sem mutações tumorais positivas para o EGFR ou ALK.

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

RespTalks

 

Opinião

Asma e gravidez: "mau controlo da asma acarreta maior risco para o feto do que o tratamento por si só"
Dr.ª Rita Gerardo e Dr.ª Lígia Fernandes, Comissão de Alergologia Respiratória da Sociedade Portuguesa de Pneumologia

PUB

Apoio

AstrazenecaBialBoehringer IngelheimCSL BehringJanssenMedinfar

 

MSDMundipharmaNovartisPfizerRecordatiRocheVitalAire